Fale com a gente
Bonni Restaurante

Colunas

Você tem amigos estratégicos?

Identifique as amizades fundamentais para sua vida

Publicado

em

rafael rafa helfenstein
lift training

Olá, amigos do Portal Rondon! Todos lidando bem com o frio por aí? Rsrs

Conforme combinado no texto anterior, hoje vamos dar continuidade ao tema de amizades e identificar três tipos de amizades fundamentais em nossas vidas, vamos abordar uma a uma e entender como cada uma delas funciona para facilitar a organização em nossa prateleira!

Dr Guilherme Dentista

Dividirei as abordagens em três textos, para que não fiquem longos e sejam mais fáceis de compreendermos. Os três tipos de amizades abordadas são: Amigos Estratégicos, Amigos Necessários e Amigos Íntimos. Como disse, tirei essas definições após leitura e releituras do livro “Especialista em Pessoas”, do autor Tiago Brunet. Inclusive, deixo esse título como indicação para leitura pessoal de todos. É uma ótima ferramenta de crescimento pessoal.

Comecemos pelos amigos estratégicos. Basicamente, os amigos estratégicos podem ser definidos como aqueles cumprem uma determinada função por um determinado período de tempo e depois cada um segue seu destino. Também podemos chamá-los de amigos de estação, isso porque uma estação vem, cumpre seu papel e dá lugar a outra que vem em seguida, e assim seguem de forma cíclica.

Por exemplo: você está prestes a abrir um negócio e será necessário alugar uma sala comercial. Você identificou um espaço que é exatamente o que você precisa, no entanto, esse espaço terá de passar por uma reforma e só ficará disponível em 6 meses. Nisso, um amigo seu te apresenta uma pessoa que possui um espaço disponível, não é exatamente igual ao que você queria, mas está disponível imediatamente, na condição de aluguel por apenas 6 meses e por um preço bastante acessível.

Pronto. Criou-se um vínculo de amizade estratégica. Agora o seu novo amigo que estava com o espaço vazio passa a receber o aluguel pelos próximos 6 meses e você já começa a estruturar o seu negócio imediatamente pagando menos até a mudança para o espaço definitivo. Ambos ganham com essa amizade.

Então você pode se perguntar: mas isso não seria uma amizade por interesse? Realmente é, mas então eu te pergunto: e qual amizade não se baseia em algum interesse?

Toda relação humana se baseia em algum tipo de interesse. Você adota um cachorro porque não quer ficar sozinho enquanto estiver em casa. Você casa porque deseja o amor da outra pessoa. Você presta mais atenção no professor A em relação ao B porque quer aprofundar seus conhecimentos em determinada disciplina que tem mais a ver com seus gostos pessoais. Você vai à igreja e adota uma rotina de oração porque busca intimidade com Deus. Todos temos interesse em preencher vazios que identificamos em nós mesmos.

Uma pessoa interesseira nem sempre é um inimigo. No mundo real, toda relação começa por algum interesse, intencional ou não, de ambos os lados ou não. Mais uma vez: este é o mundo real.

No livro acima citado, há um exemplo que vou compartilhar com vocês agora.

Quando você está construindo uma casa, é necessário utilizar um equipamento chamado andaime. Serve principalmente para tarefas que envolvem altura, como a pintura das paredes e do teto, acessar e transferir materiais para andares superiores, rebocos, instalar objetos mais altos, dentre outras.

Durante essa fase da obra ele é fundamental e traz segurança, porém, quando se inicia a fase de decoração dos cômodos da casa, o andaime não é mais um item necessário, inclusive sua presença nesse período pode mais atrapalhar do que ajudar.
Perceba que o andaime não traiu você, não te xingou, não te bateu e foi fiel durante a execução da função que lhe cabia, mas nessa nova fase de decoração, ele não tem mais como contribuir. Entendeu?

Assim são as amizades estratégicas, elas cumprem funções. Nos ajudam, contribuem por um tempo, mas quando cumprem com aquilo que lhes cabia, tudo bem deixar ir.

Amigos estratégicos não estão com você pelos seus sonhos ou por quem você é. Vocês precisam um do outro para cumprir uma função, atingir um objetivo e depois seguir a vida.

Ter clareza e consciência desses níveis de amizade no mundo real nos poupa energia, frustrações e dores emocionais as quais nos expomos diariamente.

Mas então quer dizer que uma amizade estratégica não pode se estender por mais tempo e se tornar um vínculo maior e mais forte? Pode, meu caro amigo. É claro que pode. Mas esse será um assunto para os próximos textos. Semana que vem falaremos dos AMIGOS NECESSÁRIOS.

Por hoje deixo um exercício de reflexão! Você consegue identificar amigos estratégicos no seu atual momento de vida? Quem e quantos são? Qual objetivo temos em comum?

Te desejo uma ótima semana e nos encontramos na próxima terça-feira! Grande abraço!

Clube Náutico
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte