Fale com a gente
Desafio APAE

Hora do Investimento

Bitcoin, altos ganhos com altos riscos

Hoje iremos falar sobre um assunto que está na boca do povo

Publicado

em

Silveira institucional

Olá, amigos! Na última sexta-feira falamos sobre os FIIs (Fundos de investimento imobiliário). Hoje iremos falar sobre um assunto que está na boca do povo, o Bitcoin.

Bitcoin nada mais é do que uma moeda digital, utilizada principalmente na compra e venda de produtos online. Ao contrário de outras moedas como o real ou o dólar, ela não é emitida por um banco central, existindo somente no meio digital, tornando-se assim uma moeda livre de interferências governamentais.

Criada em meados de 2009, tinha como objetivo, se tornar uma moeda descentralizada, sem uma instituição financeira ou órgãos regulamentadores por trás, para intermediar a troca de capital entre duas pessoas, assim tornando as transações mais rápidas e baratas.

Essa criptomoeda se valorizou muito nos últimos anos, e devido a isso, muitas pessoas encontraram nela uma opção de investimento com alto potencial de retorno. Mas antes de investir devemos ficar cientes de alguns riscos que correremos nessa operação.

O bitcoin, por ser descentralizado, não possui algum órgão regulamentador ou que faça a intermediação das negociações, tornando assim um ativo de alto risco, que coincide também com seu potencial de valorização, afinal, quanto maior o risco maior deve ser o retorno possível da aplicação.

Portanto, para investir nesse mercado você deve procurar um banco ou uma corretora de confiança, ou até mesmo fundos que invistam nesse mercado, para aumentar um pouco a sua segurança no investimento.

As criptomoedas também possuem alta volatilidade em seus preços, ou seja, oscilam muito, com movimentações que podem facilmente passar de 10% ao dia, mas lembre-se, esse movimento pode ser de alta ou de baixa.

Outro ponto negativo, foi que com a febre do bitcoin, muitos esquemas de pirâmides financeiras apareceram, outra consequência de um mercado sem regulamentação, esses esquemas criminosos ofereciam altíssimos rendimentos em um curto período de tempo, atraindo assim a atenção dos investidores mais desavisados e causando prejuízos financeiros incalculáveis em muitas famílias.

Para driblar essas pirâmides, o investidor deve estar ciente dos três pilares dos investimentos que já comentamos em artigos passados, rentabilidade, segurança e liquidez. Caso apareça algum “investimento” que te ofereça os três dentro de um mesmo produto, desconfie, pois isso é extremamente raro. Um exemplo são produtos com rentabilidade de 15% ao mês e que não possuam riscos elevados, devem ser muito bem analisados antes de qualquer aplicação, pois, fogem, e muito, da realidade.

Quer investir em bitcoin com consciência, busque informações com profissionais, procure alguém que realmente compreenda esse mercado e sempre foque em bancos ou corretoras confiáveis, afinal como sempre digo, são os seus sonhos e de sua família que estão em jogo.

Torres Di Maranello
Credivel