Fale com a gente
Imobiliária Bom Negócio

Esporte

Andreas diz que gostaria de seguir no clube e se declara: “Amo o Flamengo, sou Flamengo e não é uma despedida”

Eleito o melhor em campo, volante marcou o único gol do triunfo sobre o Tolima, em Ibagué, na Colômbia

Publicado

em

|Foto: Divulgação/Conmebol|
Camargo Café

Andreas Pereira marcou o gol do jogo e da vitória do Flamengo sobre o Tolima, na quarta-feira, na Colômbia. O meio-campista, em tom de despedida, afirmou que “gostaria de permanecer”, mas lembrou que a decisão está nas mãos do Manchester United, detentor de seus direitos econômicos.

– Eu não sou dono do meu nariz. O Manchester que decide essas coisas também. Eu gostaria de permanecer, mas não está nas minhas mãos 100%. Vou ver o que é melhor para mim e para o clube.

Moto Mais

A caminho do Manchester United, Andreas foi escolhido o melhor em campo em eleição promovida pela Conmebol e terminou o jogo como capitão. Sobre a relação com o vermelho e preto, Andreas disse amar o Flamengo.

– Sobre o meu futuro, a relação minha com o Flamengo sempre foi muito boa. O grupo sempre me tratou superbem. Esse ano foi incrível apesar de não ganhar títulos. Se realmente não der certo. Eu amo o clube, eu amo o Flamengo, eu sou Flamengo. Com certeza não é uma despedida.

Na zona mista do Estádio Manuel Murillo Toro, Andreas evitou colocar fim em sua passagem pelo Flamengo, com quem tem contrato até esta quinta-feira.

– Eu estava focado no jogo. Falei para o meu empresário: “Me deixa em paz, eu quero ganhar o jogo”. Vou comemorar com meus companheiros. Quando chegar no Brasil eu vou conversar com todo mundo e resolver – emendou.

O auxiliar e filho de Dorival Júnior, Lucas Silvestre, ainda mostrou esperança em contar com Andreas na sequência da temporada embora se saiba que a saída está na iminência de acontecer.

– Até difícil a gente falar. Andreas é um dos grandes profissionais com quem trabalhei na minha vida. Taticamente e tecnicamente tem um domínio do jogo fantástico. Jogador fundamental para nós, com importância fundamental não só em campo. A gente espera ainda contar com ele – afirmou Lucas.

Confira outros tópicos:

“Eu amo o Flamengo”

– Sobre o meu futuro, a relação minha com o Flamengo sempre foi muito boa. O grupo sempre me tratou superbem. Esse ano foi incrível apesar de não ganhar títulos. Se realmente não der certo. Eu amo o clube, eu amo o Flamengo, eu sou Flamengo. Com certeza não é uma despedida.

– Foi uma honra vestir o manto, não sei o que vai acontecer. Esse grupo é fantástico, o Flamengo é o maior clube do Brasil, da América do Sul. Não é uma despedida. Vou voltar.

Importância da vitória

– Muito importante, sabíamos que ia ser um jogo difícil. Fizemos um gol, soubemos sofrer. Mesmo não estando no nosso melhor dia, sofremos juntos e ganhamos o jogo. Isso mostra o caráter do time e o que o professor Dorival e o Lucas passam para nós.

Viagem cansativa

– É preciso fazer um aeroporto aqui (já há um em Ibagué, mas lá não é possível o desembarque de voos fretados). Foi uma viagem muito cansativa.

MR. Kings Lava Car
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte