Fale com a gente
Auto Elétrica do João

Saúde

Órgãos emitem errata sobre caso do bicho barbeiro em Marechal Rondon

Embora informação inicial citava contaminação, na verdade o bicho barbeiro não estava contaminado

Publicado

em

|Foto: Divulgação|
Camargo Café

Por um equívoco no repasse da informação por parte de integrantes da 20ª Regional de Saúde de Toledo e da equipe de endemias da Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon, foi divulgado nesta terça-feira (09) que o bicho barbeiro encontrado em uma propriedade situada na Linha São Cristóvão, em Margarida, estava contaminado com o protozoário Trypanosoma Cruzi, agente etiológico da Doença de Chagas.

Ocorre que na verdade o bicho barbeiro não estava contaminado.

Kyuu – Dia do Namorados

O inseto encontrado é da espécie Panstrongylus Megistus. O mesmo gera interesse dos órgãos de saúde pública por atuar como vetor domiciliar na transmissão do protozoário Trypanosoma Cruzi, que causa a Doença de Chagas. Portanto, segundo a Regional de Saúde, houve a identificação de uma espécie de interesse em saúde pública.

Pelo fato de se tratar de uma espécie com potencial de transmissão da Doença de Chagas, foram necessárias as ações de controle em conjunto pelos agentes do setor de endemias da Secretaria de Saúde de Marechal Rondon e de agentes da 20ª Regional de Saúde. O trabalho iniciado na segunda-feira (08) prossegue durante esta semana na propriedade rural.

Ortobom
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte