Fale com a gente
Imobiliária Bom Negócio

Esporte

Estrela do Atlético-MG, Hulk celebra recorde de jogos em um ano: “Idade não influencia nada”

Diante do Corinthians, nesta quarta-feira, o centroavante chega a 60 partidas pelo Galo em 2021

Publicado

em

| Foto: Pedro Souza/Atlético-MG|
Gramado Presentes

Artilheiro, garçom e jogador de linha que mais atuou na temporada. Hulk vivencia uma fase especial na carreira. Aos 35 anos, nunca jogou tanto por um clube no espaço de 12 meses. Fará, na quarta-feira, diante do Corinthians, 60 jogos pelo Galo em 2021. Um recorde da carreira. Motivo para comemorar os cuidados físicos e longevidade.

“Hoje em dia, a idade não influencia em nada, é mais o comprometimento, a seriedade que o profissional encara o dia a dia”.

Avisul

Na temporada 2010/2011, com 24 para 25 anos, Hulk estava no auge. Explosão, bomba no pé esquerdo, era o craque do FC Porto campeão do campeonato nacional, da taça portuguesa e da Liga Europa. Foram 59 jogos. Agora, pelo Galo, supera a marca. No Brasileiro, tem 11 gols, briga pela artilharia, e não atuou apenas em duas rodadas (Athletico-PR e Santos). São 28 presenças em 30 possíveis.

– Me procuro cuidar, me dosar ao máximo para estar à disposição. Sessenta jogos são muitos jogos na temporada, é um recorde mesmo. Fico feliz de estar em momento tão bom na carreira profissional, sem falar da vida pessoal, todo mundo com saúde, graças a Deus, estou muito feliz. Mas muito feliz de estar à disposição do professor. Sabemos como é difícil ficar de fora por lesão, e eu agradeço por estar sempre jogando, espero continuar assim até o fim e dar muito a esse clube, que merece demais – disse Hulk.

O camisa 7 é o artilheiro do Atlético na temporada, com 26 gols e 12 assistências. Entretanto, não balança as redes desde a vitória de 2 a 1 contra o Fortaleza na volta da semifinal da Copa do Brasil (de pênalti). São três jogos de um pequeno jejum, que não incomoda. O importante, nas palavras de Hulk, é o coletivo. E o Galo, hoje, tem 96% de chances de título do Brasileiro.

“Se me perguntar se eu trocaria não fazer mais nenhum gol ou assistência pelo título, eu diria que troco de olhos fechados”. (Hulk)

– Tive a felicidade de ganhar campeonato nacional em todos os clubes que joguei. É muito marcante na minha carreira. Vir ao Atlético, com a grandeza que tem, torcida que tem, não merece ficar tanto tempo sem ganhar. A gente sabe a importância do titulo. Ainda não ganhamos, estamos próximos, mas precisamos estar focados nos próximos jogos. Humildade em alta, correr, competir e estar atento sempre. Poderia ter 99,9% de chance, mas não é 100%.

Ortobom
Continue Lendo

Empório da Pizza – Cotação
Novo Banner Loja Mix