Fale com a gente
Vorpagel

Geral

“MCR contra o pedágio” agora é “Costa Oeste contra o pedágio” e abaixo-assinado atinge a marca de 1500 assinaturas

O movimento vai estabelecer uma busca contínua de assinaturas que fortaleçam a luta

Publicado

em

Posto Tonin – Shell Box

O movimento “MCR contra o pedágio” atingiu, no início da noite de ontem (29), a marca de mil e quinhentas assinaturas virtuais contra as praças de pedágio entre Mercedes/Guaíra e entre as cidades de Toledo e Cascavel.

O grupo era formado, inicialmente, por rondonenses, hoje já conta com a adesão de outros cidadãos de cidades vizinhas e principalmente de lideranças que atuam para aumentar o número de assinaturas nesses municípios.

NM Empreendimentos – Linha Arara

Mercedes, Quatro Pontes, Cascavel, Toledo, Marechal, Guaíra, Pato Bragado, Entre Rios do Oeste, Nova Santa Rosa, Palotina e Terra Roxa já constam na lista do abaixo-assinado, por isso, o grupo mudou de nome e passa a ser denominado como “Costa Oeste contra o pedágio” e segue somando força com o grupo de Toledo e Cascavel, o “Oeste PR contra o pedágio”.

“Alteramos o nome do grupo de “MCR contra o Pedágio” para “Costa Oeste Contra o Pedágio”, para ficar mais representativo e inclusivo. Já que graças ao esforço e à mobilização coletiva, avançamos para outras cidades, com o mesmo ideal, com o mesmo foco: Contra o pedágio!” disse o professor Wilson Zonin à nossa reportagem

Segundo Zonin, que é uma das lideranças do abaixo-assinado, o grupo “Costa Oeste contra o pedágio” vai estabelecer uma busca contínua de assinaturas que fortaleçam a luta contra o pedágio.

“É importante aumentar a lista de assinaturas, principalmente no comércio, nas empresas, na agricultura. Esses setores têm muita indignação e convicção de que a luta precisa ser contra a implantação das praças”

O professor universitário enviou à nossa reportagem um balanço das primeiras 1500 assinaturas, com os setores com maior representatividade até o momento, essa sistematização demonstrou a pluralidade do movimento e que a indignação com as novas praças de pedágio não é apenas de um setor isolado, mas de toda a comunidade.

Confira os números:

110 Empresários;

110 trabalhadores do Comércio;

115 Estudantes;

120 Agricultores;

250 Professores

795 de outras áreas de atuação

Como assinar?

Para participar do abaixo-assinado, basta acessar o link do documento e responder quatro perguntas: Nome completo, atividade que exerce, WhatsApp e e-mail. É importante salientar, que não é solicitado nenhum documento pessoal.

A lista a ser assinada é denominada “Abaixo-assinado das lideranças políticas, empresariais e de cidadãos da região oeste do Paraná que se manifestam contrários à construção das Praças de pedágio entre as cidades de Toledo e Cascavel e entre Marechal C Rondon e Guaíra”. Quer assinar? Clique aqui.

Portal Rondon

Primeiro banner
Continue Lendo

Doce Arte
Novo Banner Loja Mix