Fale com a gente
Pato Comércio Local

Geral

Liberada de hospital com dores, mulher dá à luz na calçada com ajuda de garapeiro em Ribeirão Preto-SP

A servidora pública Heloísa de Almeida tinha acabado de ser consultada quando teve contrações ao parar para tomar água de coco. Após nascimento, Diana foi atendida por enfermeiros do hospital

Publicado

em

Mãe dá à luz com ajuda de garapeiro em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Reprodução/EPTV
Posto Tonin – Shell Box

Mesmo com todo o planejamento em torno do nascimento da filha, a servidora pública Heloísa de Almeida Palmeira jamais imaginou que a pequena Diana viria ao mundo de uma maneira tão repentina: com fortes dores após deixar a maternidade em Ribeirão Preto (SP), onde tinha acabado de ser atendida, ela entrou em trabalho de parto na calçada, com a ajuda de um garapeiro que a socorreu.

“Eu pedi uma água de coco, estava com muita dor e gritando. Dei dois goles na água de coco e ela nasceu”, lembra.

Mercadão dos Óculos

O parto aconteceu em 12 de junho, quando Heloísa já tinha completado os nove meses de gestação e procurou o Centro de Referência em Saúde da Mulher com a suspeita de estar prestes a dar à luz. Ela afirma, no entanto, ter recebido medicações e que foi liberada, mesmo com dores.

Em nota, a diretoria do hospital informou que todos os cuidados e orientações com base em protocolos clínicos foram prestados.

Também comunicou que uma equipe de enfermeiros viu que o parto tinha acontecido e conduziu mãe e filha para dentro da unidade, onde elas foram atendidas e de onde receberam alta dois dias depois.

O parto

No dia da consulta, depois de ser liberada do hospital, Heloísa foi com o marido, o mecânico Fábio Palmeira, tomar água de coco em uma banca próxima à maternidade, mas não houve tempo nem para terminar a água nem para voltar ao centro de saúde.

As fortes contrações obrigaram a mãe a entrar em trabalho de parto ali mesmo. “Tentei segurar a mão dela o mais forte possível e passar força para ela . A primeira sensação que vem é aquele impacto de desespero”, afirma Fábio.

Mãe dá à luz a uma criança em frente à maternidade em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Reprodução/EPTV

Foi nessa hora que o casal contou com a solidariedade do garapeiro Walter Silva Prado, que viu o desespero do casal. Ele ajudou o marido da gestante na realização do parto, que foi rápido, antes da chegada de profissionais da maternidade, e foi o primeiro a segurar Diana, assim que ela veio ao mundo.

Walter conta que não hesitou em ajudar quando foi atraído ao ouvir os gritos e pedidos de socorro.

Pai, mãe e filha após parto improvisado em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Reprodução/EPTV

“A primeira reação que vem é a de socorrer, não se sabe de que jeito mas a primeira reação é socorrer. Depois a gente vê o que acontece. Eu peguei a criança e dei para mãe”, relembra.

Depois do parto, a mulher e a criança foram atendidas pela equipe da maternidade e passam bem. Semanas depois do nascimento, a família, que vive em Jardinópolis (SP), fez questão de reencontrar o garapeiro para demonstrar gratidão.

Feliz com o gesto, o garapeiro garante que, se precisasse, faria tudo de novo. “A situação não é fácil não. Nada é por acaso.”

Garapeiro ajudou mãe a dar à luz em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Reprodução/EPTV

Ortobom
Continue Lendo

Empório da Pizza – Cotação
Novo Banner Loja Mix