Fale com a gente
topo integrity

Mundo

Israel ataca e destrói prédio residencial de 13 andares em Gaza; região de Tel Aviv é alvo de foguetes

Conflitos entre israelenses e palestinos se intensificaram nesta semana após violência em Jerusalém. Foguetes foram lançados em direção a Tel Aviv.

Publicado

em

Bombeiros são vistos em local onde foguete palestino atingiu ônibus em Holon, perto de Tel Aviv, na terça-feira (11) — Foto: Ahmad Gharabli/AFP
Silveira institucional

Um bombardeio de Israel derrubou um prédio residencial de 13 andares na Faixa de Gaza nesta terça-feira (11), segundo o próprio exército israelense. A torre abriga um escritório que é usado pela liderança política do Hamas, governantes islâmicos de Gaza.

A agência de notícias Reuters registrou o momento em que uma enorme coluna de fumaça sobe de onde havia um edifício na região. 

NM Empreendimentos – Linha Arara
Prédio de 13 andares na Faixa de Gaza que, segundo palestinos, foi destruído em ataque israelense — Foto: Palestine in the UK/Reprodução/Twitter
Prédio de 13 andares na Faixa de Gaza que, segundo palestinos, foi destruído em ataque israelense — Foto: Palestine in the UK/Reprodução/Twitter

Os confrontos entre israelenses e palestinos, que já deixaram ao menos 30 mortos – entre eles dez crianças palestinas – se intensificaram nesta terça-feira. Sirenes soaram em Tel Aviv — segunda maior cidade de Israel que abriga grande comunidade internacional — e sistemas de escudo anti-aéreo foram acionados.

De acordo com relatos da polícia, citados pelo jornal “Haaretz”, alguns foguetes lançados chegaram a cair nos arredores de Tel Aviv. Duas mulheres morreram em Israel após os ataques e dezenas de pessoas ficaram feridas.

O aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv, teve todas as suas decolagens suspensas para “permitir a defesa do espaço aéreo” de Israel, ainda de acordo com o Haaretz.

O Hamas disse que lançou um total de 130 foguetes — o maior ataque desde então. Imagens circularam pelas redes sociais de projéteis sendo lançados em direção a Israel.

As trocas de ataques entre o grupo Hamas, que controla a Faixa de Gaza, e forças israelenses ocorrem como uma das consequências da nova onda de violência em Jerusalém Oriental. Essa tensão se iniciou com confrontos entre palestinos e a polícia israelense, principalmente na Esplanada das Mesquitas, na Cidade Velha de Jerusalém.

Com informações de Ge

banner espaço novo
Continue Lendo

Portal Espaço Agrícola
Credivel