Fale com a gente
topo integrity

Agronegócio

Benedito: Alta da taxa de juros pode restringir crédito no Plano Safra 21/22

O Comitê de Política Monetário do Banco Central, aumentou a taxa básica de juros (Selic) de 2,75% para 3,5% ao ano

Publicado

em

Silveira institucional

O Comitê de Política Monetário do Banco Central (Copom), aumentou a taxa básica de juros (Selic) de 2,75% para 3,5% ao ano. A decisão já era esperada por economistas, por conta do avanço da inflação e porque o Banco Central já havia indicado em março, e reiterado nas últimas semanas, que a taxa avançaria 0,75 ponto percentual.

O Banco Central já sinalizou também uma nova alta da Selic na próxima reunião, que acontece em junho. Para o comentarista do Canal Rural e ex-secretário de políticas agrícolas do Ministério da Agricultura, Benedito Rosa, a alta na taxa pode restringir crédito no Plano Safra 2021/2022.

NM Empreendimentos – Linha Arara

” O Banco Central já havia dado indícios que o patamar da taxa não voltaria a cair. O choque das commodities, clima de incerteza sobre o cenário politico e econômico e a ampliação da pandemia, criaram um cenário que levou o mercado a elevar o preço do dinheiro no Brasil”, explica o comentarista.

“Com isso o Plano Safra,  novamente terá taxas de juros maiores, semelhantes a 2019. O crédito privado também deve sofrer reajustes, infelizmente.”

Com informações de Canal Rural

Martin Luther – Enem
Continue Lendo

Portal Espaço Agrícola
Novo Banner Loja Mix