Fale com a gente
topo integrity

Esporte

Atletas do Paraná já estão garantidas para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Ágatha Bednarczuk Rippel, do vôlei de praia, e Ana Sátila Vargas, da canoagem slalom, estão com as vagas carimbadas

Publicado

em

|FOTOS: Ághata Rippel (Ana Patrícia/Inovafoto/CBV) | Ana Sátila (Abel da Banca/ Superintendência do Esporte)|
Silveira institucional

Segundo publicação do Comitê Olímpico do Brasil (COB), duas atletas federadas no estado do Paraná já estão garantidas para as Jogos Olímpicos de Tóquio. Ágatha Bednarczuk Rippel, do vôlei de praia, e Ana Sátila Vargas, da canoagem slalom, estão com as vagas carimbadas para os Jogos Olímpicos que estão previstos para acontecer de 23 de julho a 08 de agosto no Japão.

Ágatha garantiu em 2019 a vaga com a sua parceira de dupla, Duda, após conquistarem 6.320 pontos no ranking olímpico da Federação Internacional de Vôlei (FIVB). Elas haviam sido campeãs do Circuito Mundial no ano anterior. A jogadora, que conquistou a medalha de prata na Rio 2016, participará de sua segunda olimpíada. Ao todo, a modalidade contará com 24 duplas por gênero na competição. Cada país poderá levar a Tóquio no máximo quatro duplas, duas femininas e duas masculinas. 

NM Empreendimentos – Linha Arara

Principais conquistas de Ágatha B. Rippel

    • Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos Rio 2016;
    • Campeã Mundial em 2015 – competição realizada na Holanda;
    • Duas vezes campeã do Circuito Mundial de Volêi de Praia – 2015 e 2018;
    • Medalhista de ouro no World Tour Finals – Hamburgo (Alemanha) em 2018.

A canoísta Ana Sátila conquistou a vaga após o desempenho no Campeonato Mundial de Canoagem Slalom, realizado na Espanha, também em 2019. A atleta participará em duas provas, a K-1 (caiaque individual), e a C1 (canoa individual). O caiaque distribui 18 vagas por gênero para a Olimpíada via Mundial. Será a terceira participação da atleta em Jogos Olímpicos, tendo disputado anteriormente em Londres 2012, quando tinha apenas 16 anos, e Rio 2016. 

Principais conquistas de Ana Sátila

    • Medalhista de ouro no C1 em duas etapas do Campeonato Mundial – Rio de Janeiro (2018) e Tacen/Eslovênia (2020);
    • Três medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos – duas em Lima 2019 (C1 e K1) e uma em Toronto 2015, no C1 (ela também foi medalha de prata no K1). 


Participação no Geração Olímpica

Ambas as atletas têm sido bolsistas do Geração Olímpica nos últimos anos. Ágatha desde 2013 e Ana desde 2015. Lembrando que, em breve, serão abertas as inscrições para a edição 2021 do programa, a 10ª. O programa é uma realização do Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral do Esporte. É o maior do país, em nível estadual, com cerca de 1.200 bolsas anuais e um investimento de R$ 4.750.000,00, cujo patrocínio é exclusivo da Copel. 

Futuras confirmações

Ao todo, o Time Brasil terá 197 vagas para os Tóquio. Outros atletas do Paraná têm boas chances, alguns inclusive com pré-convocação em seleções de esportes coletivos. Além disso, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) também divulgará nos próximos meses os nomes dos atletas confirmados para a paralimpíada. 

FONTE: Paraná Esporte

Oral Clin
Continue Lendo

Portal Espaço Agrícola
Credivel