Fale com a gente
Ortobom

Agronegócio

Marco temporal: sessão no Congresso Nacional é cancelada

De acordo com o presidente da FPA, houve falta de acordo sobre outros assuntos que estavam na pauta da sessão

Publicado

em

foto: canal rural
Gramado Presentes

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPE), deputado federal Pedro Lupion (PP-PR), afirmou em suas redes sociais que foi cancelada a sessão do Congresso Nacional, agendada para esta quinta-feira (23), que avaliaria os vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao projeto de lei que estabelece a tese do marco temporal para a demarcação das terras indígenas. 

A razão do novo adiamento teria sido a falta de acordo com a outras matérias que também estão na pauta na sessão.

Academia Meu Espaço

“Devido ao descumprimento de acordos e à dificuldade de ajustes em relação ao Carf [Conselho Administrativo de Recursos Fiscais] e ao arcabouço fiscal, os líderes do Congresso decidiram cancelar a sessão mais uma vez hoje, adiando a apreciação dos vetos”, traz a postagem.

O presidente da FPA afirma que o novo adiamento para a votação dos vetos ao marco temporal “não muda absolutamente nada” sobre o resultado esperado pela bancada sobre a questão. 

“Nós vamos, na próxima sessão do Congresso, votar e ganhar esses votos. Isso já estava acertado ontem [quarta-feira, 22], inclusive com apoio enorme dos líderes em relação à derrubada dos vetos. […] Infelizmente, está difícil fazer essa sessão. Não é uma questão só do marco temporal, é uma questão muito mais [relacionada aos] pontos fiscais do governo”, disse Lupion.

Ainda não foi marcada uma nova sessão para a votação dos vetos aos marco temporal.

Com informação CanalRural

refran
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte