Fale com a gente
Alpha Investimentos

Mundo

A cadela que ajudou dona com autismo a dar à luz

A cadela Belle, da raça Staffordshire bull terrier, é treinada para prestar auxílio à sua dona em momentos de ansiedade e dor

Publicado

em

Foto: BBC
Farmasi

A cadela Belle ganhou um prêmio de “Pet do ano” do Reino Unido depois de ajudar a trazer um bebê ao mundo.

Da raça Staffordshire bull terrier, ela é uma cachorra de assistência, treinada para ajudar sua dona, Amee, que tem autismo e ansiedade.

Charles Pinturas

Quando ela detecta que a tutora está estressada ou sentindo dor, Belle se deita ao lado dela para lhe dar o apoio de que precisa.

E quando Amee entrou em trabalho de parto, Belle estava com ela a cada passo do processo.

Ela foi autorizada a ir para a maternidade do hospital, então poderia estar lá para ajudar a dona a manter a calma.

Acredita-se que Belle seja a primeira cadela a ser admitida em uma ala de parto no Reino Unido, que é uma ala de um hospital onde as mulheres podem dar à luz.

A cachorrinha de dois anos também estava com a dona na ambulância e na enfermaria de terapia intensiva.

A parteira de Amee – uma profissional médica que ajuda as pessoas durante a gravidez – sugeriu que Belle deveria ser internada na enfermaria depois de ver o quanto ela ajudou sua dona.

Amee disse que antes de Belle aparecer, ela “não saía de casa por meses, nem mesmo para ir às lojas ou ao médico”.

Os “pets de assistência” são treinados para ajudar seus donos de várias maneiras diferentes.

Por exemplo, pessoas com deficiência visual podem ter um cão-guia para ajudá-las a se locomover e orientá-las. Ou, se alguém tiver uma deficiência física, um animal pode ser treinado para ajudá-la em tarefas como colocar roupas na máquina de lavar.

Era importante se certificar de que Belle seria capaz de lidar com a enfermaria lotada e como ela reagiria à dor de sua dona.

O hospital realizou uma avaliação de risco onde ela foi testada antes de ser admitida na enfermaria. Foi aprovada.

Amee disse que a equipe do hospital “ficou maravilhada com a cachorra”.

A equipe de controle de infecção do hospital implementou medidas extras de limpeza para que outros pacientes também estivessem seguros no hospital.

Amee está orgulhosa de Belle, que ganhou um prêmio nacional por seu trabalho, esperando mudar as percepções às vezes negativas de sua raça.

Ela acrescentou: “Ela me deu outra coisa para focar quando tudo estava acontecendo ao meu redor. Ela é uma cachorra adorável e calma, e merece todo o reconhecimento.”

Ortho Evidence Odontologia
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte