Fale com a gente
Ortobom

Tempo

Rondonenses vão para o lago municipal registrar a paisagem diferente provocada pela geada

Os termômetros marcaram 1ºC, com sensação de – 0,8

Publicado

em

FOTOS: Fernando Nègre
Rui Barbosa

Marechal Cândido Rondon teve mais uma madrugada bastante gelada. Uma onda polar traz a maior anomalia negativa de frio no mundo fora do polos, segundo o MetSul.

No município rondonense, os rastros dessa onda polar causaram o segundo dia consecutivo de geada de 2021 nesta quarta-feira (30). Os termômetros marcaram 1ºC, com sensação de – 0,8.

Funerária Alemão

O orvalho congelado faz parecer que nevou na cidade, e os rondonenses não ficaram intimidados pelo frio. Eles queriam mesmo é registrar o momento com essa paisagem diferente que surgiu em todo o município.

Muitas pessoas foram para o Parque Ecológico Rodolfo Rieger para fazer fotografias ao redor do lago e eternizar o segundo dia de geada.

O jornalista Fernando Nègre, do Portal Rondon, também esteve por lá fazendo registros.

Para este último dia do mês de junho, o Simepar prevê máxima de 15ºC.

Ontem (29), no final da tarde, já dava para perceber os efeitos da primeira geada nas plantações do milho safrinha.

A partir de amanhã (1º), a massa de ar polar começa a perder intensidade. A chance de geada diminui e o risco com geada é entre a serra gaúcha e o planalto paranaense. Nas demais áreas do Estado o tempo fica firme e com temperaturas em elevação. As temperaturas esperadas para o começo de julho são mínima de 6ºC e máxima de 20ºC.

PORTAL RONDON

refran
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte