Fale com a gente
topo integrity

Economia

Diretor de Itaipu anuncia redução na tarifa na conta de luz em 2022

A Itaipu informou que a partir de 2022 a tarifa da usina será reduzida em até R$ 4 milhões

Publicado

em

Diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira |FOTO: Divulgação/ Itaipu|
Silveira institucional

A Itaipu Binacional deve reduzir a tarifa da energia produzida pela hidrelétrica em 2022, segundo anúncio do diretor-geral  brasileiro, general João Francisco Ferreira. A informação foi divulgada ontem (5), em Foz do Iguaçu, quando a usina completou 37 anos de geração de energia.

Conforme a Itaipu, a queda da tarifa ocorrerá porque a dívida feita para construção da usina está no fim. O pagamento da obra termina em 2023, mas a direção da hidrelétrica explicou que o reflexo na conta de luz dos brasileiros poderá ocorrer ainda em 2022.

NM Empreendimentos – Linha Arara

A Itaipu informou que a partir de 2022 a tarifa da usina será reduzida em até R$ 4 milhões. No ano de 2023, essa redução pode chegar a R$ 10 milhões.

“Agora, vamos trabalhar junto com o governo federal para que, já no ano que vem, possamos ter uma redução significativa na tarifa de Itaipu. A partir de 2023, quando as dívidas de construção estiverem zeradas, a redução na tarifa, todos os anos, será ainda maior”, disse o general.

Dessa forma, as distribuidoras pagarão menos pela energia produzida por Itaipu e, por consequência, essa economia poderá chegar ao bolso do consumidor final, como as indústrias e o usuário comum.

De acordo com Itaipu, a usina é responsável por quase 15% de toda a energia elétrica consumida no Brasil e por 90% do consumo paraguaio de eletricidade.

A usina informou ainda que, atualmente, o pagamento da dívida pela construção corresponde a quase 70% dos custos da empresa.

A redução da tarifa não vai alterar os demais custos, como os royalties e a execução de obras, conforme Itaipu.

“A queda da tarifa, além de ser uma compensação efetiva para quem pagou pela construção dessa obra gigantesca, será importante para a retomada da economia”, explicou o general.

Até esta quarta-feira, a hidrelétrica produziu quase 2,8 bilhões de megawatts-hora (MWh), o que seria suficiente para iluminar o mundo por 45 dias.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Anaeel) é quem determina os valores da tarifa de energia dos consumidores.

Até o momento, não é possível quantificar a redução efetiva na conta de luz dos consumidores finais com a possível mudança da tarifa de Itaipu.

FONTE: G1

banner espaço novo
Continue Lendo

Portal Espaço Agrícola
Credivel