Fale com a gente
Auto Elétrica do João

Geral

Contribua com os projetos da Apae de Marechal Cândido Rondon através do seu Imposto de Renda

Pessoas físicas podem doar 6% e as pessoas jurídicas, 1%

Publicado

em

Neste ano, a Apae pretende utilizar as verbas para efetuar o conserto e ampliação do telhado na entrada da escola |FOTO: Fernando Nègre|
Martin Luther – Enem

A Federação Nacional das Apaes está realizando a Campanha do Imposto de Renda que tem o objetivo de captar recursos do imposto devido de pessoas físicas e jurídicas aos Fundos Municipais da Criança e do Adolescente (FMDCA) e ao Fundo Municipal do Idoso (FMI). Os valores são geridos por esses conselhos que beneficiam instituições e entidades da sociedade civil organizada que atuam com a promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

Em Marechal Cândido Rondon há o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente, que já aguarda por doações. Inclusive, a Secretaria de Assistência Social, que já foi beneficiada em outros anos realiza uma campanha para incentivar a destinação desse imposto podendo, assim, implementar novos projetos para as crianças.

Gordinho o Suco – Meio

O Portal Rondon conversou com a Loiva Grasel Refatti, vice-presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae de Marechal Cândido Rondon que tem esperança de conseguir alguns recursos visando a execução de melhorias na estrutura da escola.

“Enviamos um projeto ao conselho que visa efetuar o conserto e ampliação do telhado na entrada da escola, que busca maior conforto dos alunos, especialmente daqueles que possuem alguma deficiência física e utilizam cadeira de rodas. Assim, para embarcarem ou desembarcarem do ônibus, estarão abrigados da chuva. O projeto foi aprovado e a Apae espera a liberação das verbas para iniciarmos a reforma”, conta a presidente da Apae.

Obrigatoriamente os programas e projetos são enviados para o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente que analisa a solicitação e, conforme os recursos, libera a verba. Pessoas que têm Imposto de Renda a pagar, acabam pagando menos e permitem que parte do valor fique no município. É uma maneira de contribuir para projetos que beneficiam pessoas com necessidades especiais.

“Se na sua declaração você tiver impostos a pagar, pode doar ao Fundo dos Direitos da Criança e Adolescente do Município. Pessoas físicas podem doar 6% e as pessoas jurídicas, 1%. No próprio site há uma simulação que apresenta o valor possível de ser destinado aos projetos”, explica Loiva.

COMO FAZER

Ao finalizar o preenchimento do Imposto de Renda no site, localize a ficha “Doações diretamente na declaração” no menu do lado esquerdo da tela do programa. Clique em “Novo” e escolha a aba
“Criança e adolescente” ou “Idoso”. Selecione o “tipo de fundo”, que pode ser “Nacional”, “Estadual” ou Municipal”. Em seguida, preencha o “valor” desejado para doação. Clique em “OK” para concluir o preenchimento da ficha. Imprima o DARF para recolhimento na data de vencimento e pronto.

Clique aqui e veja o vídeo onde a Loiva faz uma simulação da doação, confira.

Qualquer pessoa que declara o Imposto de Renda pode doar.

“Converse com o seu contador, ou se você mesmo faz a sua declaração e tiver alguma dúvida a respeito, pode entrar em contato com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Se você pode doar, colabore. Pedimos que todos os contribuintes façam essa ideia circular e ajudem as pessoas que mais precisam”, finaliza Loiva.

Portal Rondon

Ótica Da Visão Estilo + Proteção
Continue Lendo

Doce Arte
Certo Imóveis – Janeiro 2022