Fale com a gente
Bonni Restaurante

Mundo

Três pessoas são condenadas por atos racistas contra Vinícius Júnior na Espanha

Torcedores foram condenados a oito meses de prisão e banidos de estádios por dois anos.

Publicado

em

Foto: Catve.
Rui Barbosa

Três espanhóis foram condenados por conta de atos racistas contra o jogador brasileiro Vinícius Júnior. A sentença foi proferida nesta segunda-feira (10), de acordo com a La Liga, a responsável pela organização dos torneios de futebol na Espanha.

Segundo comunicado, os três homens foram condenados a 8 meses de prisão e estão banidos de estádios de futebol por dois anos. A ação que acabou na condenação dos envolvidos foi movida pela La Liga, pelo Real Madrid e pelo próprio Vinicius Junior.

Funerária Alemão

De acordo com a La Liga, essa foi a primeira decisão desse caráter a ser proferida na Espanha. O presidente da liga, Javier Tebas, disse que a decisão serve de exemplo para torcedores que terão atitudes semelhantes no futuro. “A La Liga os detectará, os denunciará e haverão consequências penais para eles”, disse o mandatário.

O caso em questão aconteceu na cidade de Valência, no dia 21 de maio de 2023, no estádio Mestalla. Parte da torcida entoou xingamentos contra o brasileiro, o chamando de macaco. A partida chegou a ser interrompida e foi retomada oito minutos depois.

O Real Madrid, clube em que Vinicius Junior atua, comemorou a decisão e disse que seguirá com os esforços para banir o racismo do futebol. “O Real Madrid, que atuou junto a Vinicius Junior como acusação particular neste processo, continuará trabalhando para proteger os valores do nosso clube e para erradicar qualquer comportamento racista no mundo do futebol e do esporte”, comentou o clube oficialmente.

Com informação Catve.

Bonni Restaurante
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte