Fale com a gente
refran

Mundo

Ganhando o Mundo: Estado vai levar 200 diretores da rede para capacitação no Chile

A ideia, porém, é de que os gestores embarquem a partir de agosto para fazerem capacitações voltadas à gestão escolar em instituições chilenas.

Publicado

em

Foto: AEN
Providência

Depois de estudantes, professores e pedagogos, chegou a vez dos diretores da rede estadual do Paraná terem uma experiência internacional. O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quinta-feira (22) o lançamento do Ganhando o Mundo Diretor, que vai levar, neste ano, 200 gestores das escolas estaduais para uma capacitação de duas semanas no Chile.

O anúncio foi feito durante o Seminário dos Diretores com Foco na Aprendizagem, que reúne em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, 2 mil profissionais da educação de toda a rede estadual, com foco no planejamento pedagógico para o primeiro semestre letivo. O evento é promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) e oferece uma série de palestras para atualizar os diretores sobre diversos temas relacionados à educação.

Dr. Pedro Wild

“Reunimos todos os diretores de mais de 2 mil escolas da rede estadual do Paraná e estamos felizes, comemorando a melhor educação do Brasil, reconhecida pelo Ministério da Educação”, destacou o governador. “O projeto Ganhando o Mundo virou referência nacional. Vamos ter esse ano mil alunos na Austrália, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Nova Zelândia fazendo intercâmbio. São os melhores alunos que o Estado paga para estudarem seis meses nesses países de primeiro mundo. Um projeto maravilhoso, que agora terá a participação dos nossos diretores”.

A Seed ainda está organizando os principais detalhes do Ganhando o Mundo Diretor. A ideia, porém, é de que os gestores embarquem a partir de agosto para fazerem capacitações voltadas à gestão escolar em instituições chilenas. O investimento será de cerca de R$ 5 milhões.

O secretário de Estado da Educação, Roni Miranda, explica que o país sul-americano foi escolhido por ter o melhor desempenho da América Latina no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA, na sigla em inglês).

“O Chile é uma referência em avaliação e acompanhamento dos professores. Então esses diretores vão passar de duas semanas a um mês no país, dependendo do programa que vão participar. O intercâmbio começa com uma imersão com a instituição, com a universidade, e depois o diretor vai in loco, para mais tarde voltar e ter o acompanhamento da implementação daquilo que ele aprendeu lá fora”, detalhou o secretário.

A iniciativa é semelhante à realizada ano passado, quando 96 professores e pedagogos da rede estadual paranaense participaram de um intercâmbio na Finlândia e no Canadá para uma experiência de até quatro semanas de formação continuada em uma instituição de ensino superior.

VALORIZAÇÃO – Os diretores aprovaram a inclusão deles no programa Ganhando o Mundo. Para Renata Jardim, diretora do Colégio Cívico-Militar Pinheiro do Paraná, em Curitiba, a inclusão valoriza o trabalho dos gestores das escolas da rede estadual. “O programa Ganhando o Mundo para os estudantes já é incrível. Para os professores e diretores agora garante um estímulo e reconhecimento para nosso trabalho. E também aumenta nossa capacidade de fazer melhorias na educação”, enfatizou

Diretor do Centro Estadual de Educação Básica de Jovens e Adultos de Campo Mourão, Wilson de Souza concorda que o Ganhando o Mundo vai estimular os gestores a melhorarem ainda mais. “Isso valoriza o profissional e estimula muito ele a crescer e a buscar conhecimento. Afinal de contas, temos que estar em constante movimento de aprendizado, porque quando aprendemos mais também ensinamos mais”, afirmou.

Com informação AEN.

D Marquez
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte