Fale com a gente
Bonni Restaurante

Geral

Pedreiro confessa que estuprou vítimas enquanto elas agonizavam e é transferido de cidade após ameaça de linchamento; vítimas foram identificadas

O pedreiro identificado apenas como Gilberto foi preso

Publicado

em

|Foto: Divulgação|
Farmasi


O pedreiro identificado apenas como Gilberto foi preso na manhã de segunda-feira (27) suspeito de envolvimento na chacina que tirou a vida de Cleci Calvi Cardoso, de 46 anos, Miliane Calvi Cardoso, de 19 anos, Manuela Calvi Cardoso, de 13 e Melissa Calvi Cardoso, de 10 anos.

O suspeito confessou que atacou as 4 vítimas na madrugada de sexta para sábado (25.11) e contou ainda que estuprou as vítimas enquanto elas ainda agonizavam. A filha mais nova, Melissa Calvi Cardoso, 10, foi morta asfixiada. Elas teriam sido mortas a golpes de faca, degolada.

lift training

As duas vítimas menores foram encontradas dentro de um quarto, enquanto que a mãe e a filha mais velha, estavam no corredor da casa.

Após confessar, o suspeito foi levado até o aeroporto de Sorriso, onde foi transferido segundo informações para Sinop, pois os presos do CRS ameaçaram linchar o acusado quando ele fosse encaminhado para o presidio.

Gilberto, teria levado as roupas usadas pelas vítimas no dia do crime para a obra de construção onde trabalhava.

Com informações de Clichoje

Clube Náutico
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte