Fale com a gente
Expo Rondon 2024

Agronegócio

Pagamento do 13º salário deve injetar R$ 9,8 bilhões na economia das principais cidades paranaenses, aponta Dieese

Deste valor, R$ 2,2 bilhões serão de 13º de servidores estaduais, que receberão pagamento antecipado pelo Governo do Paraná.

Publicado

em

Foto: Portal Rondon
Farmasi

Os principais municípios paranaenses devem movimentar R$ 9,8 bilhões até o fim de dezembro deste ano com os pagamentos dos 13º salários no mercado formal. A previsão é do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Deste valor, R$ 2,2 bilhões serão da folha de pagamento de servidores estaduais, que terão o 13º salário antecipado pelo Governo do Paraná.

Gramado Presentes

Os valores serão pagos em 8 de dezembro, conforme o governo. O anúncio foi feito na terça-feira (14).

Por lei, para pagamentos do 13º parcelados em duas vezes, a primeira parte deve ser depositada até 30 de novembro; a segunda, até 20 de dezembro.

Impacto nas cidades

De acordo com o Escritório Regional do Dieese, cerca de 2,6 milhões de paranaenses serão beneficiados com um rendimento médio de R$ 3.752,99.

Ainda conforme o escritório, poucos municípios vão concentrar a maior representação do valor a ser injetado na economia com o 13º. Três deles – Curitiba, Londrina e Maringá, responderão por 44,9% do valor a ser movimentado.

  • Curitiba: 35,4%
  • Londrina: 4,8%
  • Maringá: 4,6%

Ainda de acordo com o Dieese, o maior valor médio para o 13° deve ser pago na capital (R$ 4.695,45). Já o menor será pago em Matelândia, no oeste, com média de R$ 2.180,69.

Para a realização do estudo, foram selecionados pelo Dieese os 40 maiores municípios em relação ao maior estoque de empregos formais no ano de 2021, com base na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Com informação G1paraná

acimacar amor sempre presente
Continue Lendo

Doce Arte
Doce Arte