Domingo, 22 de Setembro de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9801-2350

Corinthians avança à semifinal da Copa Sul-americana, e encara o Independiente Del Valle

Brasil | 30/08/2019 | 09:01 |
Pedrinho marcou gol do corinthians no maracanã | Fotos: Maga Jr. |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Esqueça o Corinthians de pouca qualidade que foi a campo no empate sem gols contra o Fluminense, na Arena Corinthians, e no 1 a 1 diante do lanterna Avaí, pelo Brasileirão, no domingo passado.

No empate por 1 a 1 contra mesmo Fluminense, na noite de quinta, no Maracanã, em partida que definiu a classificação do Corinthians para as semifinais da Copa Sul-Americana, um time com outra postura esteve em campo, merecendo a vaga e orgulhando o seu torcedor.

Diante de um leve Fluminense, num jogo lá e cá, o Corinthians conseguiu manter sua força defensiva e exibiu enorme intensidade de jogo, com variações de jogadas pelos dois lados do campo. Ao todo, foram 16 finalizações a favor do Timão contra dez dos donos da casa nos 90 minutos.

Embora o primeiro tempo tenha terminado sem gols, foram do Corinthians as melhores chances. Primeiro, Pedrinho deixou Love na cara do gol, e o atacante exigiu linda defesa de Muriel. Depois, em saída errado do goleiro, Mateus Vital ficou de frente para o gol, mas em outra ótima intervenção.

A sensação após 45 minutos já era de otimismo. Logo no início do segundo tempo, o gol de Pedrinho deu um prêmio a quem criava mais perigo. Após jogada pela esquerda, com Danilo Avelar e Clayson, o meia-atacante concluiu para o fundo do gol.

No tudo ou nado, o Fluminense ficou mais ofensivo com Wellington Nem e João Pedro, obrigando o Corinthians a se fechar cada vez mais. Saíram Clayson e Pedrinho, entraram Matheus Jesus e Ramiro. Em contra-ataque, o segundo gol quase saiu de novo com Love, que parou em Muriel.

O polêmico gol de Pablo Dyego, confirmado pelo VAR após cinco minutos de análise por suposto impedimento, jogou tempero numa classificação que já parecia definida. Sem válvula de escape, o Timão foi se segurando, mas com poucos sustos. Tanto que Jesus, até marcou mais um, mas invalidado por impedimento.

Até o primeiro jogo da semifinal, contra o Independiente del Valle, dia 18 de setembro, em Itaquera, o Timão tem três compromissos pelo Brasileirão: recebe Atlético-MG, domingo, e Ceará, dia 7 de setembro, e volta a visitar o Fluminense no dia 15.

A cinco pontos do líder Flamengo, o Corinthians também não quer deixar essa diferença aumentar, já que a ideia é se manter no bloco de cima pelo máximo de tempo possível.

Nos próximos dias, porém, o vento que bate na janela de transferências pode fazer estragos. Gabriel deve embarcar para a Arábia Saudita nesta sexta-feira. Já Mateus Vital aguarda uma proposta da Roma, da Itália. Pedrinho, Gustagol e Ramiro também receberam sondagens recentes.

A três jogos de um título inédito de Sul-Americana, o Corinthians renova a confiança de seu torcedor em campo, mas traz apreensão com a reta final do mercado de transferências.
PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL
Participe do nosso grupo no WhatsApp